CMB online discute digitalização das jornadas de cuidado

 

WhatsApp Image 2022 08 02 at 15.09.22

 

Iniciando mais um mês de trabalho, a Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Brasil (CMB), promoveu nesta segunda-feira (1), mais uma edição do CMB online, fórum virtual que busca discutir temas relevantes para o setor da saúde.

Esta edição contou com a parceria da Roche, companhia pioneira em produtos farmacêuticos, de diagnóstico e monitoramento da diabetes, além de ser líder em oncologia e medicina personalizada. A empresa também é parceira e estará presente na 30.ª edição do Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos e 13.ª edição do Congresso Internacional das Misericórdias, que acontece este mês, entre os dias 23 e 25, no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília.

O tema debatido foi a "Transformação da saúde: digitalização das jornadas de cuidado”, assunto que tem ganhado cada vez mais espaço. O diretor estratégico da Roche Brasil, Antônio Silva, falou sobre a importância da digitalização do setor, e também sobre a atuação da companhia neste sentido, para levar medicamentos de qualidade para aqueles que mais precisam.

O CEO da Techtools Health, Jeff Plentz, também participou do fórum, quando falou sobre o desafio de oferecer qualidade e rapidez na entrega de resultados e a importância de mecanismos tecnológicos a favor da saúde, usando como exemplo, o projeto "Saúde da Mulher”, que visa oferecer agilidade no diagnóstico precoce em casos de câncer de mama. A presidenta da Federação de Minas Gerais (Federassantas), Kátia Rocha, compartilhou experiências sobre o tema, complementando a fala de Jeff.

O presidente da Confederação, Mirocles Campos Véras Neto, falou sobre a importância da tecnologia para a saúde e ressaltou o empenho da CMB na luta contra o câncer de mama no Brasil: “A CMB vem se empenhando junto aos entes públicos na luta contra o câncer de mama no Brasil. A tecnologia é fundamental nesse quesito, além da sensibilidade e mobilização de todos!”.