cmb nota

O presidente da CMB, Mirocles Véras, participou, na manhã desta quarta-feira (3), de audiência pública realizada pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, sobre o PL 1.015/2015, que trata do piso salarial de psicólogos. Representantes de outras instituições de saúde, como a Anaph (Associação Nacional de Hospitais Privados) e a CNSaúde (Confederação Nacional de Saúde), também participaram da atividade, apresentando como a questão impactará o setor.

Véras relatou as dificuldades enfrentadas pela área filantrópica, ressaltando que a CMB não é contra o reajuste salarial proposto, mas alertando a preocupação de como os hospitais poderiam arcar com esses custos. “Temos uma tabela de procedimentos SUS totalmente defasada e não temos como repassar os valores de imediato. Não somos contra, mas o SUS é um sistema integrado e qualquer ação de aumento salarial, de forma legítima, vai gerar um efeito cascata e um impacto muito forte no sistema público de saúde”, falou.

O presidente da CMB salientou que a Confederação está à disposição para dialogar na busca por alternativas que não impactem na continuidade dos trabalhos das instituições. “Estamos abertos à discussão para trabalharmos em conjunto e vermos a melhor forma de continuarmos com a nossa prestação de serviço para os usuários do SUS”, concluiu.

 

Calendário

Dez 2021
Do Se Te Qu Qu Se Sa
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1

Faça login em sua conta