WhatsApp Image 2021 09 16 at 10.33.27

 

O presidente da CMB, Mirocles Véras, o diretor-geral, Mário César Homsi Bernardes, e a diretora Institucional do SUS na CMB, Maria Fátima da Conceição, se reuniram nesta quarta-feira (15) com o grupo que vem trabalhando o manifesto pela saúde mental.
Estiveram presentes o vice-presidente do Hospital San Julian, Meron Daczuk Neto; o diretor técnico da instituição, Ricardo Sbalqueiro; o psiquiatra e coordenador-geral de Saúde Mental do Ministério da Saúde, Dr. Rafael Bernardon; o gerente de Desenvolvimento Institucional do Instituto Bairral, Ricardo Moriyama; e o secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro Júnior.
Na reunião, foi discutido cenário das instituições dedicadas à saúde mental e o objetivo de se trabalhar inicialmente o reajuste das diárias de internação, cujo valor varia de R$ 59,90 a R$ 82,40. Ricardo Moriyama destacou a importância da unificação da diária, a proposta de reajuste para R$ 208,49 e a grave situação destas instituições com a possibilidade de fechamento de leitos na alta demanda pós-pandemia. As preocupações com estes hospitais também foram compartilhadas por Ricardo Sbalqueiro.
Quirino Cordeiro Júnior destacou o cenário atual, ainda mais impactado com a alta da inflação, o agravamento dos casos de transtornos mentais com o isolamento social, a situação crítica dos leitos e o último reajuste feito ao setor da diária de psiquiatria, em janeiro de 2018, gerando um déficit orçamentário. Diante disso, também salientou o processo judicial que determina novo valor para diária global de psiquiatria. “Já é uma demanda antiga e muito requerida. Precisamos avançar na questão das lutas e irmos atrás dos reajustes”, salientou.
A CMB já havia apresentado a proposta de se unir à causa do setor de saúde mental ao seu Conselho de Administração. A diretoria apresentou os próximos passos e o caminho mais eficiente para apresentar os problemas enfrentados ao Ministro da Saúde.
“Novamente vamos convidar os nossos hospitais e apresentá-los o Manifesto de Saúde Mental. Com isso, vamos reunir o nosso time de parlamentares próximos, para que assim, decidamos os meios e caminhos de levar a pauta até o Ministério da Saúde”, falou Véras.

Faça login em sua conta