51132520975 d975b1f43b c

Por videoconferência, o presidente da CMB, Mirocles Véras, acompanhado do gestor da Federação do Piauí, Jorge Ivan Teles de Souza e o diretor geral da Confederação, Mário César Homsi Bernardes (por meio presencial), participaram, junto a outras entidades e ao deputado federal, Pedro Westphalen, de reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga e o secretário da SAES, Sérgio Yoshimasa Okane, nesta quinta-feira (22). No encontro, os representantes das instituições apresentaram suas preocupação e pleitos, principalmente os relacionados ao atual momento da pandemia. Entre as entidades participantes estavam a ANAHP (Associação Nacional de Hospitais Privados), ABRAMED (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica), FBH (Federação Brasileira de Hospitais) e CNSAÚDE (Confederação Nacional da Saúde).

Durante a conversa, foi colocada a importância de apoio ao projeto do deputado Pedro Westphalen, que permite aos hospitais quitarem suas dívidas tributárias com prestação ser serviço ao SUS.

As entidades também pautaram o pleito de que uma parte dos recursos arrecadados pelo Sistema S e cuja uma parcela é destinada à capacitação profissional no setor do comércio, seja estendida para capacitar profissionais da saúde. O ministro se colocou à disposição para evoluir junto às entidades na proposta.

Na ocasião, as instituições participantes relataram os esforços que estão fazendo para viabilizar os medicamentos do kit intubação, para manterem os atendimentos aos pacientes da Covid-19. Em operação inédita, Santas Casas e hospitais filantrópicos se uniram em importação coletiva de sedativos e medicamentos do chamado kit intubação para assegurar o atendimento aos pacientes. A primeira importação, realizada com a coordenação da CMB, se concretizou no dia 16, assegurando ao menos 30 dias de estoques para 94 instituições. “O ministro ficou grato em ver as ações dos hospitais em tomar a iniciativa para importação. Nos colocamos à disposição para contribuir em tudo o que pudermos para enfrentar essa fase tão difícil que estamos passando e nos fortalecer ainda mais”, falou Véras.

Ainda sobre a questão dos medicamentos, o secretário da SAES, Sérgio Yoshimasa Okane, ressaltou a importância de que seja relatado à Anvisa casos de preços abusivos de medicamentos, pois as praticantes do ato serão multadas.

Faça login em sua conta