Marcado para começar no dia 15 de agosto, Dia Nacional das Misericórdias, a 28ª edição do Congresso nacional das Santas Casas vai receber presidenciáveis em sua programação, para discutir as necessidades da Saúde no próximo mandato

banner congresso 28 edit.jpgBrasília recebe, nos dias 15 e 16 de agosto, o 28º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, com o tema central “A evolução de uma história: novas políticas, gestão e parcerias”. O evento, que espera contar com 600 participantes, dentre administradores hospitalares, provedores, advogados, autoridades e especialistas, será realizado no Hotel Nacional. As inscrições podem ser feitas no site oficial do evento: www.cmb.org.br/congresso.

Nesta edição do Congresso da CMB, serão convidados especialistas para debater, especialmente, os desafios atuais enfrentados pelas entidades e os passos necessários para chegar ao futuro, mantendo a qualidade de seus serviços, o cuidado com os pacientes e a valorização de seus funcionários. Nesse contexto, também serão exaltados o Dia Nacional das Misericórdias, comemorado no dia 15 de agosto; os 55 anos de representatividade da CMB; e os 30 anos do SUS, contando com a parceria das santas casas e hospitais sem fins lucrativos. “Queremos relembrar o papel de nossas entidades junto à sociedade, falar dos desafios que enfrentamos e das escolhas que precisamos fazer para garantirmos nossa sustentabilidade no futuro”, disse o presidente da CMB, Edson Rogatti.

Programação
As atividades começam no dia 15 de agosto, às 8h, o Café da Manhã com Parlamentares, proporcionando um momento de aproximação entre os hospitais e seus representantes no Congresso Nacional. Este é o terceiro ano que o café da manhã é realizado. Assim como nas demais edições, deputados e senadores receberão os pleitos dos hospitais e da Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos (CMB), além de terem a oportunidade de fortalecer o apoio com suas bases.

Segundo o presidente da CMB, Edson Rogatti, o café é um momento importante tanto para os parlamentares quanto para os hospitais. “Estamos em um momento de eleição e a Saúde sempre é usada como destaque nas campanhas, mas depois é esquecida por muitos candidatos eleitos. Queremos promover um encontro que mostre o tamanho e importância dos filantrópicos para a Saúde e saber quem realmente apoia o Setor”, afirmou.

Em seguida, será dado início à programação científica, com a palestra magna, que será proferida pelo Dr. Marcos Bosi Ferraz, professor Adjunto e Chefe da Disciplina de Economia e Gestão em Saúde da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP).

À tarde, serão discutidos “O papel da tecnologia na gestão de saúde”, com a presença do diretor de Planejamento e Gestão do Hospital das Clínicas (SP), e o diretor da MR Consultoria, Rogério Medeiros; e os “Desafios da gestão de pessoas”, que terá como uma das palestrantes a juíza do Trabalho, Dra. Erotilde Minharro.

O primeiro dia do evento se encerrará com a participação de um candidato à presidência, que deve abordar seu programa para a Saúde e receber uma Carta da CMB, contendo os principais pleitos do segmento filantrópico.

Segundo dia
O segundo presidenciável será ouvido no início da programação do dia 16 de agosto, também apresentando as propostas para a Saúde e recebendo dos participantes o que se espera para o próximo mandato.

Ainda pela manhã, o painel “Gestão da Clínica: fazer melhor com menos”, vai receber o coordenador-geral dos Sistemas de Informação e analista técnico de políticas Sociais do Ministério da Saúde, Leandro Manassi Panitz, e Fabrício Campolina, coordenador do Grupo de Saúde da Abimed, coordenador do Grupo de Value Based Care, da Ethicon Brasil - J&J e Coordenador de DRG no Instituto Coalizão Saúde.

À tarde, o presidente do Hospital do Amor, Henrique Prata, fala sobre o “Resgate da participação da sociedade na sustentabilidade do hospital”; e a superintendente de Desenvolvimento Institucional do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAACC), Tammy Allersdorfer, vai apresentar o case da instituição.

Ao final, será realizada uma análise do Cenário da Saúde Pública e Suplementar, abordando, inclusive, os meandros políticos para o próximo governo.

Parcerias
O 28º Congresso é uma realização da Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos (CMB), juntamente com suas Federações estaduais, e conta com o patrocínio da Taisei Soluções em Tecnologia, e da MV.

Como parceiros, o evento conta com apoio institucional da Federação Brasileira de Hospitais (FBH), a Confederação Nacional de Saúde (CNS), Associação Nacional dos Hospitais Privados (Anahp), Econômica Desenvolvimento Social e do Instituto Filantropia, além do apoio de mídia da Revista Hospitais Brasil e da Criarmed, que responde pelo portal DiagnosticoWeb.

As inscrições online vão até o dia 31 de julho, no endereço www.cmb.org.br/congresso. As condições para a hospedagem no hotel do evento também podem ser conferidas no site.

Serviço:
O que: 28º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos – “A evolução de uma história: novas políticas, gestão e parcerias”
Quando: 15 e 16 de agosto de 2018
Onde: Hotel Nacional, Brasília-DF
Mais informações: www.cmb.org.br/congresso